10 dicas transformadoras inspiradas na obra do grande poeta sufi Rumi

01-1024x703

10 dicas transformadoras inspiradas na obra do grande poeta sufi Rumi

1 . Desafie o medo Fuja do que é confortável. Esqueça a segurança. Viva no lugar onde você tem medo de viver. Destrua sua reputação. Seja notório.

2 . Seja corajoso Não se contente com as histórias que vieram antes de você. Desvende seu próprio mito.

3. Seja grato Use a gratidão como uma capa e ela preencherá todos os buracos de sua vida.

4 . Aja Por que eu deveria ficar no fundo de um poço, se eu tenho uma corda forte em minhas mãos?

5. Tenha fé À medida que você começar caminhar, aparece o caminho.

6. Abrace contratempos Se você fica irritado com cada atrito, como você vai ser lapidado?

7. Olhe para dentro A sua tarefa não é buscar o amor, mas apenas procurar e encontrar todas as barreiras dentro de si mesmo, que você construiu para se proteger contra o amor.

8. Aprenda com o sofrimento A ferida é o lugar por onde a luz entra em você.

9. Não se preocupe com o que os outros pensam de você Eu quero cantar como os pássaros cantam , não me preocupar com quem ouve ou o que eles pensam .

10. Faça o que você ama Deixe-se ser atraído pela força pungente do que você realmente ama…

..

Sufi Rumi

Advertisements

EU QUERIA TRAZER-TE UNS VERSOS MUITO LINDOS 

Como-Fazer-ELE-Correr-Atrás-de-Você-Cesa-Revela-Como-Fazer-ELE-Correr-Atrás-de-Você-como-fazer-ele-se-apaixonar-fazer-ele-feliz-fazer-ele-correr-atras-de-voce-768x480

EU QUERIA TRAZER-TE UNS VERSOS MUITO LINDOS

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos
colhidos no mais íntimo de mim…
Suas palavras
seriam as mais simples do mundo,
porém não sei que luz as iluminaria
que terias de fechar teus olhos para as ouvir…
Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
como essa que acende inesperadas cores
nas lanternas chinesas de papel!
Trago-te palavras, apenas… e que estão escritas
do lado de fora do papel… Não sei, eu nunca soube o que dizer-te
e este poema vai morrendo, ardente e puro, ao vento
da Poesia…
como
uma pobre lanterna que incendiou!

Mario Quintanapost